6 de Abril de 2017 às 14:36

Vereadores da Câmara de Iperó tem reunião com Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Na manhã desta quarta-feira, 05 de abril, os vereadores da Câmara Municipal de Iperó estiveram na Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo em reunião com o Secretário Adjunto, excelentíssimo senhor Sérgio Turra Sobrane.

 Na reunião os vereadores apresentaram os problemas referentes à segurança da cidade. Entre eles o número reduzido de viaturas em funcionamento, a demora no reparo das viaturas que estão quebradas e que poderiam estar auxiliando na patrulha/ronda de todo o município.

Os vereadores mapearam a cidade e apontaram o presídio e o CDP que existe em Iperó, assim como toda a extensão do município, o que requer uma atenção maior por parte da Secretaria de Segurança.

 Outra questão levantada pelos vereadores foi a do Plantão policial que não existe em Iperó, após as 18 horas até às 8 da manhã, os boletins de ocorrência estão sendo lavrados no plantão da Zona Norte de Sorocaba, sendo que em Sorocaba, por sua própria demanda a demora para realizar o B.O. é de 3 a 6 horas. Antigamente os cidadãos iperoense registravam suas queixas na cidade de Boituva, cerca de 8 quilômetro da região central de Iperó, isso foi alterado, dificultando ainda mais a vida dos iperoenses.

O Secretário Adjunto ficou de levantar dados sobre essa mudança e tentar verificar a possibilidade do retorno do plantão para Boituva, pois a cidade de Iperó no momento não comporta um plantão, Sobrane explicou que para o funcionamento de um plantão é necessário dispor de quatro equipes para intercalar os turnos adequadamente.

Dentro de todos os assuntos abordados, o Secretario fez uma demonstração de um Projeto que foi implanto na cidade de São Paulo e já foi adotado por outras cidades do estado, a partir de radares instalados nas cidades, tem a função de mandar dados não só para DETRAN, mas também para a polícia em questão de segundos para rastrear automóveis suspeitos ou roubados. Os vereadores a partir dessa informação irão junto com o executivo buscar recursos no Governo do Estado para implantação e viabilização desta ferramenta para a segurança da cidade.

Fechar